Postagens

ASAS PARA "ANDAR" MAIS LONGE

Depois de dois anos dentro de uma gaiola, voltei à liberdade. Não a liberdade de abrir os braços a ponto de sentir o vento bater no rosto. Mas, aquela liberdade que deixa você à vontade para reaver pontos que antes foram colocados à prova. Este texto é um complemento de um outro que havia escrito há dois anos. Nele, eu escrevia a vontade de voar quando se tem

Comer, Rezar, Amar e Algumas Coisas Mais

Imagem
Taí, mais um da série: "filmes que demorei para assistir, mas que me surpreenderam". Comer, rezar e amar é um ótimo filme. Ele te faz refletir sobre a vida e as coisas simples que você tem à volta.

COMER. Muitas vezes deixamos de viver o agora, sendo felizes e comendo tudo o que vem à frente, com medo do que pode acontecer ao nosso corpo, ou à nossa consciência, que pesa mais de cinco toneladas ao travesseiro, depois de uma deliciosa pizza.

Comer é um maiores prazeres da vida. Temos de comer, como se não houvesse o amanhã, com parcimônia, claro, como tudo na vida.

REZAR. Deus está em tudo o que vemos, em tudo o que sentimos. Não há como negar a força maior que nos preenche. Ele nos ampara em todos os momentos da nossa vida e, tudo o que acontece, acontece por um motivo. Seja para nossa crescimento ou para nosso livramento. Nada é por acaso. Deus sabe o que faz. Tudo Ao seu tempo.

Rezar, estar consigo mesmo, seja meditando num templo indiano ou ajoelhada ao lado da sua cama, …

A primeira vez a gente nunca esquece!

Imagem
Esta é parte minha primeira experiência com aquarela. Confesso que estou bastante surpreso com o resultado. Esta aí mais um facilidade que descobri que tenho. É claro que o aperfeiçoamento é imprescindível. O trabalho ainda está incompleto!


Uma Longa Jornada

Imagem
Eu, particularmente, adoro filmes que têm histórias que se cruzam. Porque acredito que na vida real as coisas acontecem da mesma forma: pessoas se cruzam, coisas acontecem e nada é por acaso. E ontem, a princípio sem muita expectativa, ao assistir Uma Longa Jornada, fui surpreendido.
Não quero fazer comentários sobre as interpretações e aos clichês que todo filme de romance tem, mas, de certa, é um longa que faz você refletir e até repensar muitas coisas da vida.
Te faz acreditar que o amor existe e que ele acontece quando você menos espera, porque o amor vem para os distraídos.
Te faz acreditar que sonhos são realizáveis, mas no tempo de Deus, não no nosso.
Te mostra, enfim, que sonhos e amores se cruzam. Se encontram. Se completam. E mesmo sabendo que "amar exige sacrifícios", tudo é possível quando há dedicação, vontade e determinação.

"Ela". Ele. Tanto Faz!

Imagem
Ta aí, mais um filme que ainda não tinha assistido, mas que vale a pena comentar. "Ela" (Her) é um filme que mostra mais uma forma de amor. E olha que imaginei que conhecesse todas.

Esse filme mostra, de forma simples, mas ao mesmo tempo muito envolvente, um homem apaixonado por um sistema operacional. Sim, um homem apaixonado por um sistema como se fosse a Siri, da Apple, só que bem mais "inteligente".

É engraçado e curioso analisar a que ponto uma pessoa chega quando está passando por uma situação difícil ou, simplesmente, está carente. Esse tipo de situação nos deixa vulneráveis e fracos. Emotivos e fortes. Nos deixa cheio de amor e ódio. Nos deixa abertos ao novo (ou fechados). Nos deixa disponíveis.

O filme tem uma fotografia que nos arremessa para dentro dele. Você está lá, junto dos personagens, "vivendo" aquela situação, principalmente quando se está em algo semelhante. É empatia pura.

Como é incrível você usar um sentido que nem sempre é tão expl…

"A Culpa é das Estrelas"

Imagem
Ontem, durante a sessão do filme A Culpa é das Estrelas, por um momento achei que estivesse num velório, com um pouco de exagero, claro!

Parte das pessoas chorava como se tudo aquilo fosse uma grande verdade. Sim, ali não era. Mas, com certeza, situações retratadas ali, como o da doença, por exemplo, fazia sentido. Já a parte do amor... ahh, esse também foi um fator importante em lágrimas que caíram e sussurros que eram ouvidos na maior parte do tempo na exibição do longa.

É um filme que entretêm, mas, acima de tudo, é um filme que deixa mensagens. E é também desse tipo de longa que gosto. Não há como não ter empatia e não se colocar no lugar dos personagens. Não há como não refletir em como somos ingratos com a boa vida que temos, por mais simples e humildade que ela seja. Cada dia vivo, é um dia a ser comemorado. É assim que sempre pensei, e com o filme apenas comprovei.

A Culpa é das Estrelas não é culpa de ninguém para ninguém. De fato, nenhum fardo é dado a nós se não podemos car…

Malévola | Mistura de sentimentos

Imagem
Há dois anos, mais precisamente junho de 2012, eu fiz uma viagem à Inglaterra. Lá, descobri, por acaso, que a minha musa, a atriz Angelina Jolie, tinha acabado de iniciar as gravações do seu mais novo filme, Maleficent, Malévola no Brasil.
Como estava visitando um primo, em Londres, pedi a ele para que me levasse até o set de filmagem, que estava alocado no Bulstrode Park, em Buckinghams, na Inglaterra, ao lado de Londres.
A sensação de estar lá foi incrível. Estar, a menos de 50 metros do set de filmagem de um filme da Disney, ainda mais com minha musa, foi indescritível. 

Durante dois anos, minha ansiedade não parava de aumentar, ainda mais com cada trailer, cartaz ou foto oficial do filme. Tudo o que mais queria era assistir à releitura de A Bela Adormecida, e, claro, na estreia.
Quinta-feira, dia 29 de maio de 2014, dois dias depois do meu aniversário. Lá estava eu, acompanhando de um casal de primos, na estreia de Malévola, numa sala que não era 3D e também não tinha grande ca…